Mais novidades da DC!

O pessoal da DC Comics meio que deu uma pirada, na minha modesta opinião de merda. Segurem-se em suas cadeiras, crianças.

Nesta última sexta-feira (08/06), a editora anunciou que todos os seus gibis nos EUA sairão com o número 0 em setembro, além de lançarem quatro novos títulos no mesmo mês. Ou seja, esse é o segundo grande anúncio da DC após o reboot.

Segundo Dan Didio, co-publisher da DC, em entrevista ao CBR News, o “Mês Zero” irá acontecer porque, um ano atrás, eles resolveram que todos os gibis deveriam começar com os heróis em ação, e não perder tempo com origem e todo aquele blablabla. O momento de contar estes começos será nas edições zero, que também servirão de porta de entrada para os novos leitore$.

Lembrando que todos os gibis voltarão para a numeração normal em outubro, igual ao que aconteceu em 1994 durante a saga Zero Hora –  no final do crossover, todos os gibis mensais da editora saíram com número zero para atrair mais leitores e depois voltaram para a numeração normal. No Brasil, a Editora Abril preferiu zerar todas as numerações de vez quando publicou a mesma saga.

Peraí que tem mais coisa, gente.

Continuar lendo

Anúncios

E o novo personagem gay da DC é…

DC revelou oficialmente qual o personagem da editora teve a orientação sexual mudada após os eventos de Os Novos 52, que foi o reboot da cronologia da editora. E rufem os tambores! é o Lanterna Verde! Mas não é qualquer Lanterna Verde, queridos. É o Alan Scott, que vive em um universo paralelo, o da Terra 2, e é o Lanterna ORIGINAL.

Alan Scott surgiu como Lanterna nos anos 40, na Era de Ouro dos Quadrinhos. Era casado e tinha dois filhos. Pois é. Os tempos mudam, certo.

Enfim, a DC também afirmou que Scott é o único Lanterna Verde da Terra 2 e que a origem dele será apresentada na terceira edição do gibi, que circula lá na gringa (EUA) em julho. Porém, ele vai aparecer antes na segunda edição da revista, que sai no dia 6 de junho), já beijando o namorado que é gaaaato!.

Se você quiser ver, abaixo estão as páginas mostrando o momento.

Continuar lendo