#MusicMonday: A Fine Frenzy

Alison Sudol

Depois de duas semana seguidas falando sobre trilhas sonoras, já estava mais do que na hora de falar de mais uma banda desconhecida pela maioria, mas amada pela minoria. No caso a minoria, eu me refiro a mim.

Pois bem, em 2008 havia aquele frisson sobre a adaptação cinematográfica do livro Crepúsculo. Sim, eu estou falando dos vampiros que brilham. Eu poderia ficar enrolando, explicando e tudo mais, só que ia ser muito blablabla. Vamos logo para a parte que interessa.

Encontrei um site onde estavam discutindo as músicas que provavelmente entrariam para a trilha sonora do filme. A Fine Frenzy estava na lista e eu resolvi ouvir. Desde daquele dia, meu gosto musical deu um update.

Alison Sudol, masceu em Seattle, Washington. Filha de dois professores de Artes Dramáticas, ela e sua mãe se mudaram para Los Angeles depois do divórcio dos pais, quando ela tinha apenas 5 anos de idade. Cresceu ouvindo uma grande variedade musical, que incluía Aretha Franklin e Ella Fitzgerald.

Com apenas 16 anos, se graduou na escola secundária. Alison se considerava nerd e calma, e não bebia, fumava ou fazia coisas de gênero. Em uma entrevista, ela disse que estava nervosa sobre ir para a universidade tão nova, então resolveu tirar dois anos para tentar decidir o que fazer com a música. Aos 18 anos, ela estava tão envolvida que não quis mais parar. Sua primeira banda se chamava Monro.

Alison tem paixão pela literatura. O nome de sua banda “A Fine Frenzy”, é tirado de um verso de William Shakespeare na obra Um Sonho de Uma Noite de Verão: “The poet’s eye, in a fine frenzy rolling, doth glance from heaven to earth, from earth to heaven”* (Theseus, Ato 5, Cena 1).

*tradução: O olho do poeta, num delírio sublime, passa da terra ao céu, do céu à terra.

Depois de aprender sozinha a tocar piano, Alison colocou toda a sua energia criativa na escrita de músicas. As pequenas demos que ela enviou chamou a atenção de Jason Flom, da EMI, que a contratou depois de visitar a sua casa e ouvi-la tocar.

Em março de 2007, A Fine Franzy se apresentou no South by Southwest abrindo o show dos The Stooges. Pouco tempo depois, saiu o álbum de estreia, One Cell in the Sea, que recebeu críticas positivas. O primeiro single, “Almost Lover”, alcançou o número 25 no Billboard’s Hot Adult Contemporary Tracks Chart.

Come On, Come Out

The Minnow & The Trout

Whisper

You Picked Me

Rangers

Almost Lover

Think of You

Ashes and Wine

Liar, Liar

Last of Days

Lifesize

Near to You

Hope for the Hopeless

Borrowed Time

Em 2008, a banda iniciou a sua turnê nos Estados Unidos e passou por Canadá, França, Bélgica, Alemanha, Suíça e Áustria.

O segundo álbum, Bomb in a Birdcage, foi lançado em setembro de 2009. Em novembro, um DVD com filmagens de um concerto gravado em 2007, A Fine Frenzy Live at the House of Blues Chicago, foi lançado no iTunes.

What I Wouldn’t Do

New Heights

Electric Twist

Blow Away

Happier

Swan Song

Elements

The World Without

Bird of the Summer

Stood Up

The Beacon

O terceiro álbum, Pines, tem previsão para ser lançado em setembro de 2012. Abaixo um “album trailer”.

@luanamiyuki

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s